Principal Promoções Como Funciona Listagem Fale Conosco Downloads
 
  Pesquisar Produto por Palavra...
O valor a direita mostra o valor total a ser pago...

R$ 0,00

  Envie ou Confira seu pedido...
 
Adm. do Tempo
Administração
Agrárias
Alimentação
Animais
Artesanais
Autoajuda
Automotivo
Bolsa de valores
Botânica
Cabeleireiro
Comunicação
Concursos
Construção Civil
Criação
Culinária
Cultivo
Dinheiro
Direito
Economia
Empreendedorismo
ENEM
Ensino Fundamental
Ensino Médio EJA
Esotérico
Espiritismo
Espiritualidade
Esportes
Fotografia
Gestão
Humorismo
Idiomas
Informática
Inteligência
Internet
Liderança
Literatura
Literatura Estrangeira
Literatura Juvenil
Mágicas
Maquiagem
Marketing
Massagem
Mecânica
Mistérios
Música
Policial
Política
Profissionais
Psicologia
Relacionamentos
Romance
Saúde
Sexo
Terror
Variados
Vendas
Vestibular
   
   
 
   
 
   
    Cadastre seu Email e receba informativos do site...
   
  Código: 516
 

 

 

Mecânica - Processo de Fabricação (4 DVDs + 1 CD)

 

 

DVD 1
Duração: 4h:45min:31s

01. No começo era pedra...
- As primeiras ferramentas
- O metal entra em ação
- Surge as máquinas-ferramenta

02. Fundição: um bom começo
- Que processo é esse ?
- Temperatura de fusão
- Fluidez
- vantagens
- Fundição passo-a-passo
- 1.Confecção do Modelo
- 2.Confecção do molde
- 3.Confecção dos machos
- 4.Fusão
- 5.Vasamento
- 6.Desmoldagem
- 7.Rebarbação
- 8.Limpeza
- Características e Defeitos dos produtos fundidos

03. Entrou areia na fundição!
- O molde: uma peça fundamental
- moldagem em areia verde
- Areia de fundição é sempre verde ?!
- O molde fica mais resistente

04. Fundir é preciso
- Fundição de precisão
- Em qual aspecto a fundição de precisão se diferencia dos outros processos de fundição?
- Fundição por moldagem em cera perdida
- Vantagens e Desvantagens

05. Esse molde é (quase) para sempre
- O que é um molde permanente
- Fundição sob pressão
- Máquinas de fundição sob pressão
- Vantagens

06. A fundição fica automática
- A máquina e o homem
- Construindo o modelo
- A hora e a vez do molde
- Vazamento
- Automação da fundição sob pressão
- Controlador Lógico Programável
- Injetoras de câmara quente
- Injetoras de câmara fria
- Shell Molding

07. E depois da fundição?
- As propriedades do materiais
- Cúbica de face entrada
- Conformação por laminação
- Encruamento
- Laminador
- Duo
- Trio
- Quádruo
- Universal
- Sendzimir
- Laminando um produto plano
- Características e defeitos dos produtos laminados
- Defeitos mais comuns dos produtos laminados

08. Empurra, estica, puxa...
- Extrusão
- Etapas do processo
- Lingote
- Tarugo
- Tipos de processos de extrusão
- Defeitos da extrusão
- Solução
- Puxa e Estica
- Trefilação
- fio de máquina
- fieira
- cilindro de calibração
- cone de saída
- Etapas do processo
- sem deslizamento
- com deslizamento
- Características e defeitos dos produtos trefilados
- Diâmetro escalonado
- Fratura irregular
- Fratura com risco lateral
- Fratura com trinca
- Marcas em forma de V ou fratura em ângulo
- Ruptura taça-cone

09. Casa de ferreito, espeto de... aço
- Martelando
- Forjamento
- forjamento por martelamento
- prensagem
- Matriz aberta ou fechada?
- etapas no forjamento em matriz fechada
- Defeitos nos produtos forjados

10. Dando forma as chapas
- Estampagem
- As operações básicas da estampagem são:
- latão 70-30
- prensas
- estampos
- Corte de chapas
- Dica tecnológica 1
- Dica tecnológica 2
- etapas
- rebarbação
- Dobramento e curvamento
- estampos de dobramento
- Dica tecnológica 3
- Estampagem profunda
Características e defeitos dos profutos estampados

11. Conformação mecânica combina com... automação
- E outra vez o computador
- CLPs - controles lógicos programáveis
- Laminação rima com automação
- A instalação conta das seguintes seções
- Dobrando, cortando e forjando automaticamente
- relação entre os nomes de eixos e os respectivos movimentos
- Cortando automaticamente
- Forjando automaticamente

12. A união faz  a solda
- O que é soldagem?
- condições imprescindíveis
- primeiro processo de soldagem por fusão
- Solução sólida
- Soldabilidade
- Metalurgia da solda
- zona de ligação
- zona afetada termicamente
- Segurança em primeiro lugar

13. O gás veio para fundir
- Soldagem a gás
- Fique por dentro
- Tipos de maçaricos
- regulador de pressão
- A hora e a vez do gás
- Fique por dentro
- Chama redutora ou carburante
- Chama neutra ou normal
- Chama oxidante
- Nem só de gás vive a soldagem
- Etapas e técnicas de soldagem
- Soldagem à esquerda
- Soldagem à direita
- A soldagem à direita apresenta uma série de vantagens
- Tipos de defeitos, quais suas causas e como preveni-los ou corrigi-los
- Todo cuidado é pouco!
- retrocesso da chama

14. O arco elétrico entra em ação
- Soldagem ao arco elétrico
- Recordar é aprender
- ddp
- Fontes de energia para soldagem
- Soldagem ao arco elétrico com eletrodos revestidos
- O eletrodo
- Funções do revestimento
- Tipos de eletrodos revestidos
- Especificação AWS para eletrodos Revestidos
- Classificação:
- 1. A letra E
- 2. Os dois primeiros dígitos
- 3. posições de soldagem
- 4. corrente empregada, penetração do arco, resvestimento do eletrodo
- 5. Composição química do metal de solda
- Cuidados com os eletrodps revestidos
- Equipamentos
- Uso correto das máquinas
- Etapas do processo
- Defeitos de soldagem

15. Protegendo a solda
- Tig-Tungsten Gas
- Equipamento básico
- A fonte de energia
- A tocha de soldagem
- Eletrodos
- Consumíveis
- O gás inerte
- Sistemas auxiliares
- Etapas do processo de soldagem TIG manual
- Problemas operacionais e defeitos nas soldas

16. MIG/MAG
- Mais siglas: MIG/MAG
- As amplas aplicações desses processos são devidas à:
- Equipamentos para soldagem MIG/MAG
- Fontes de energia
- Sistema alimentador do eletrodo
- Tocha de soldagem
- Fonte de gás
- Consumíveis e suas especificações
- eletrodos
- Norma AWS (American Welding Society)
- Transferência de metal
- Curto-circuito
- Globular
- Por spray
- Etapas, técnicas e parâmetros do processo
- Problemas comuns de soldagem

17. Não é desodorante, mas dá mais proteção
- Protegendo a solda
- soldagem ao arco submerso
- A principal limitação do processo
- Equipamentos necessários
- Eletrodos e fluxos de soldagem
- Parâmetros e etapas do processo
- Dica tecnológica
- Tandem arc
- Eletrodo em fita
- Adição de pó metálico

18. Versatilidade, ainda que tardia!
- A ordem é versatilidade!
- A soldagem por resistência
- Efeito Joule
- A soldagem dos pontos
- A soldagem por costura
- A soldagem por projeção
- A soldagem de topo
- Resistividade
- vantagens e desvantagens
- Exercícios
- Equipamentos
- sistema mecânico
- Parâmetros, variáveis e etapas do processo
- Etapas

19. Capilaridade é bom e a brasagem gosta
- Soldagem sem fusão
- brasagem
- capilaridade
- brasagem forte
- vantagens
- desvantagens
- O quadro a seguir ilustra essa classificação
- soldabrasagem
- Exercícios
- Consumíveis
- método de aquecimento
- fluxos
- fluxo são constituídos de:
- Etapas do processo

20. Robôs na soldagem
- O robô industrial
- Os robôs soldadores
- Exercícios
- Afinal, pra que computador?
- Ensinando o robô


DVD 2
Duração: 4h:56min:12s

21. Nada se cria, tudo se transforma
- Com cavaco ou sem cavaco?
- Definição de usinagem
- Corta!
- Dureza
- Tenacidade
- Ângulos das ferramentas
- Dica tecnológica
- A ferramenta é feita de...
- Encruamento:
- Microssoldagem:
- 1. Aço-carbono
- 2. Aços-ligas médios
- 3. Aços rápidos
- 4. Ligas não-ferrosas
- 5. Metal duro (ou carboneto sinterizado)

22. Parâmetros de corte
- Os parâmetros
- velocidade de corte
- avanço
- Recordar é aprender
- Avanço
- Olha o cavaco aí, gente!
- Formação do cavaco
- formas de cavaco
- quebra-cavacos

23. Não esquenta, não!
- Agentes de melhoria da usinagem
- fluidos de corte
- refrigerante
- lubrificante
- Solicitação Dinâmica
- Protetor contra a oxididação
- Sólido? Líquido? Ou Gasoso?
- Fluidos de corte
- Agente EP
- Dica tecnológica
- Tabela tipos de fluidos de corte
- Tabela uso dos vários fluidos de corte
- Manuseio dos fluidos e dicas de higiene

24. Antes prevenir do que remediar
- Traçagem
- Traçagem plana
- Traçagem no espaço
- Instrumentos e materiais para traçagem
- desempeno
- Para traçar, usa-se:
- Tipos de soluções corantes
- Etapas da traçagem

25. Mais que nunca é preciso cortar
- Corte sem costura
- tipos de tesouras
- Guilhotinas mecânicas
- Tem dentes, mas não morde
- Serramento
- lâminas de serra
- Dica tecnológica
- Etapas do serramento
- fluido de corte
- Um pouquinho de cada vez

26. Solução? Uma lima na mão!
- Devagar e sempre
- limagem
- picado
- Classificação
- Cuidados
- limas-agulha
- limas diamantadas
- limas rotativas
- Etapas da limagem

27. Vou, corto e volto
- O que é aplainamento?
- Equipamentos necessários
- plaina limadora
- plaina de mesa
- Etapas do aplainamento
- 1. Aplainar horizontalmente
- 2. Aplainar superfície plana em ângulo
- 3. Aplainar verticalmente superfície plana
- 4. Aplainar estrias
- 5. Aplainar rasgos
- Dica tecnológica

28. Vai uma raspadinha aí?
- O que é raspagem?
- Ferramentas e materiais para raspagem
- Formato dos raspadores
- Dica tecnológica
- Instrumentos de apoio
- Etapas da raspagem

29. Mete broca!
- Vamos furar
- Brocas
- broca helicoidal
- haste
- corpo
- ponta
- ângulos das brocas
- Tipos de brocas
- Brocas especiais
- Escareadores e rebaixadores

30. Roda, roda, gira...
- Furadeiras
- tipos de furadeiras
- 1. Furadeira portátil
- 2. Furadeira de coluna
- 3. Furadeira radial
- 4. Furadeiras especiais
- Dica tecnológica
- Acessórios das furadeiras
- 1. Mandril
- 2. Buchas cônicas
- 3. Cunha ou saca-mandril/ducha
- Operações na furadeira e etapas
- 1. Furar
- 2. Escarear furo
- 3. Rebaixar furos
- Etapas da furação

31. Uma questão de exatidão
- Depois da broca vem...
- Alargar
- Ferramentas e materiais para alargar
- corpo e haste
- alargador de expansão
- desandador
- Alargar: operações e etapas
- operações
- etapas
- Importante!

32. Nem só o padeiro faz roscas
- O primeiro fa tchan, o segundo faz tchun, o terceiro...
- machos
- Os machos são caracterizados por
- As roscas podem ser classificadas
- Roscar manualmente com machos
- constantes
- desandador T
- Gripagem
- Etapas da operação
- cuidados

33. Feitos um para o outro
- É hora de fazer o parafuso
- roscamento externo
- cossinete ou tarraxa
- Operação de roscamento externo (manual)
- etapas
- Operações com máquinas
- Rosqueadeira
- Laminadora de rosca

34. Por dentro do torneamento
- Torneamento
- 1. Movimento de corte
- 2. Movimento de avanço
- 3. Movimento de penetração
- Variedade de operações
- A máquina de tornear
- Partes da máquina
- prendendo a peça
- Torneamento: primeira família de operações
- Segurança em primeiro lugar
- A operação de facear prevê as seguintes etapas
- Recordar é aprender
- Seguintes etapas

35. Esse torno só dá furo!
- Fixando a ferramenta
- cabeçote móvel
- O cabeçote móvel tem as seguintes funções
- Furando com o torno
- Etapas
- Torneando rebaixo interno
- Etapas

36. Segurando as pontas
- Acessórios em ação
- Pontas e contrapontas
- Dica tecnológica
- placa arrastadora
- arrastadores
- luneta
- luneta fixa
- luneta móvel
- Usando os acessórios
- Etapas
- Dica tecnológica
- concentricidade
- Corpos de peça
- A luneta fixa

37. Torneando outras formas
- Placa de castanhas independentes
- cantoneira
- placa lisa
- centro postiço
- Usando os acessórios
- A operação de torneamento excêntrico seguirá as seguintes etapas
- Torneamento excêntrico com o uso de placas com castanhas independentes
- As etapas dessa operação são as seguintes:
- Torneamento Cônico
- Inclinação do carro superior
- Recordar é aprender
- Aparelho conificador
- A principal aplicação do torneamento cônico

38. Formatos que saem da linha
- Ferramenta para recartilhar
- recartilha
- recartilhado
- cuidados
- A operação de recartilhar obedece as seguintes etapas
- Dica tecnológica
- Torneando perfis
- Ferramentas de forma ou de perfilar
- Com elas pode-se:
- Uma operação de torneamento de perfil terá as seguintes etapas:
- Sangrar e cortar no torno
- bedame de sangrar
- Dica tecnológica
- Insertos de metal duto

39. Roscar: a vocação do torno
- Métodos para abrir roscas
- Métodos para abrir roscas no torno
- Penetração oblíqua
- Diferenças
- Abrindo roscas triangulares
- Penetração perpendicular
- Penetração oblíqua
- Dica tecnológica
- Etapas para a construção de uma rosca triangular
- Dica tecnológica
- Outros tipos de rosca
- à esquerda
- cônicas
- quadrados
- trapezoidais
- múltiplas

40. Máquinas inteligentes e obedientes
- CN? Mas o que é CN?
- Controlador númerico
- CNC
- Sistema de coordenadas
- Brincando de localizar pontos
- O ponto de partida é chamado de origem ou Zero-peça
- Eixos
- Coordenadas
- Dica tecnológica
- Iniciando um programa de usinagem
- blocos
- Funções: G  M
- Fique por dentro
- G21
- G99
- Dica tecnológica
- Movimentando a ferramenta
- G0
- G1
- G2
- G3
- G42
- Observação


DVD 3
Duração: 4h:34min:56s

41. Fresagem
- O que é fresagem
- Fresadoras
- Fresadora horizontal
- Fresadora vertical
- Fresadora universal
- Fresadora copiadora
- Pantógrafo
- Fresas
- Fique por dentro
- Escolhendo a fresa
- Recordar é aprender
- Fique por dentro
- Fresas de perfil constante
- Fresas planas
- Fresas angulares
- Fresas para rasgos
- Fresas de dentes postiços
- Fresas para desbaste

42. Removendo o cavaco
- Como calcular a rpm, o avanço e a profundidade de corte em fresagem
- Dica tecnológica
- Escolha da velocidade de corte
- Dica tecnológica
- Cálculo da rotação da fresa (rpm)
- Profundidade de corte
- Dica tecnológica

43. Fresando superfícies planas
- Como fresar superfície plana, plana enclinada e em esquadro
- Fresagem simples de superfície plana
- Recordar é aprender
- mandril de cone morse
- Fresagem de superfície plana perpendicular a uma superfície de referência (frenagem em esquadro)
- Recordar é aprender
- Dica tecnológica
- Fresagem de superfície plana inclinada
- Dica tecnológica
- Alinhamento
- Veja como fazer o alinhamento
- Dica tecnológica

44. Fresando ranhuras retas - I
- Como fresar ranhraras retas
- Puxar coordenadas em fresadoras
- Tangenciamento com a fresa
- Dica tecnológica
- Puxando a primeira condenada
- Recordar é aprender
- Puxando a segunda cordenada
- Fique por dentro
- Tangenciamento com o centralizador marva
- Tangenciamento com o pino retificado
- Fresar ranhurtas retas por reprodução do perfil da fresa
- Recordar é aprender

45. Fresando ranhuras retas - II
- Como fresar ranhras em T, trapezoidal e chaveta
- Como fresar uma ranhura em T
- Dica tecnológica
- Onservação
- Como fazer uma ranhura trapezoidal
- Dica tecnológica
- Como fazer um rabo-de-andorinha
- Recordar é aprender
- Dica tecnológica
- Como fazer ranhuras de chavetas
- Dica tecnológica

46. Fresando com aparelho divisor
- Fresar um quadrado com aparelho divisor universal
- Dica tecnológica

47. Furando com a fresadora
- Como furar na fresadora
- Fique por dentro
- Dica tecnológica
- Cálculo da divisão angular
- Recordar é aprender
- Dicas tecnológicas

48. Fresando engrenagens cilíndricas com dentes retos
- Como fresar engrenagens cilíndricas com dentes retos
- Recordar é aprender
- Cálculo do diâmetro primitivo das engrenagens
- Cálculo do diâmetro externo das engrenagens
- Dica tecnológica
- Cálculo do comprimento dos dentes
- Recordar é aprender
- Cálculo da altura do dente
- Escolha da fresa
- Dica tecnológica
- Usinando dentes retos para engrenagens cilíndricas
- Fresando a engrenagem 1
- Cálculo da divisão indireta
- Dica tecnológica
- Fresando a engrenagem 2

49. Fresandoengrenagens cilíndricas com dentes helicoidais
- Como fresar engrenagens cilíndricas com dentes helicoidais
- Cálculo do módulo frontal da engrenagem
- Cálculo do diâmetro primitivo da engrenagem
- Cálculo do diâmetro externo da engrenagem
- Cálculo da grade das engrenagens
- usinando dentes helicoidais para engrenagens cilíndricas

50. Fresando engrenagens cônicas com dentes retos
- Como fresar engrenagens cônicas com dentes retos
- Cálculo do ângulo primitivo
- Cálculo da geratriz
- Cálculo do ângulo do fundo do dente
- Cálculo do ângulo da cabeça do dente
- Cálculo do ângulo externo da engrenagem
- Cálculo da altura da cabeça do dente
- Cálculo do módulo mínimo
- Dica tecnológica
- Cálculo do número de dentes equivalente (Zequiv)
- Fresando engrenagem cônica com dentes retos

51. Fresando pelo processo Renânia
- O processo Renânia
- Observação
- Fique por dentro

52. Fresando pelo processo Fellows
- O processo Fellows
- Usinando pelo processo Fellows
- Dica tecnológica

53. Fresando com CNC
- Fresadoras CNC
- Os centros de usinagem
- Colocando os pontos nos eixos
- Conversando com um centro de usinagem CNC
- Fase inicial da programação
- Dica tecnológica
- Observação
- Dica tecnológica
- Compensação de Ferramenta
- Dica tecnológica
- Programando o movimento de saída da ferramenta

54. Retificação: Conceitos e Equipamentos
- Retificação
- Retificadoras
- Classificação
- Retificadora plana
- Retificadora cilíndrica universal
- Retificadora sem centros (center less)
- Rebolo
- O rebolo apresenta cinco elementos a serem considerados
- Tabela: Formas e aplicações dos rebolos
- Quanto a velocidade da mesa, existem as seguintes relações
- Quanto à dureza do rebolo
- Quanto a estrutura
- Rugosidade
- Resumo

55. Preparação da máquina
- Procedimentos de preparação da máquina retificadora
- Escolha e preparação de rebolos
- Tipos abrasivos
- Óxido de alumínio
- Carbeto de silício
- Carbeto de boro
- Diamante
- Classificação do abrasivo quanto ao tamanho e simbologia
- Aglomerante ou liga
- Vitrificadas (V)
- Resinóides (R)
- Borracha (R)
- Goma-laca (E) e Oxicloretos (O)
- Grau de dureza
- Estrutura
- Exercício
- Balanceamento do rebolo
- rótulo
- dressagem
- Dica tecnológica
- Prevenção de acidentes
- Para prevenir ferimentos, o operador deve observar os sequintes procedimentos

56. Retificação plana
- retificadora plana tangencial e retificadora vertical
- rebolos
- fixação com transpassadores
- fixação em mesa de seno magnética
- fixação em morsa
- Retificar superfície plana
- Procedimentos
- aproximação do rebolo à peça
- rebolo sobrepassando os extremos
- Dica tecnológica
- Observação

57. Retificação cilíndrica
- Retificar superfície cilíndrica
- Tabela com as dimensões dos canais
- Quanto a fixação da peça a ser eretificada na máquina, ela pode ser...
- Dica tecnológica

58. Afiação de ferramentas
- O que é fiação
- Classificação das ferramentas de corte
- aço-carbono
- aço rápido
- O metal duro
- sinterizado especial
- Especificação do rebolo
- A afiação
- Seguem ilustrações de afiadoras
- Operação de afiar
- Fixação das fresas na máquina de afiar
- Regulagem da máquina
- Operação de afiar

59. Brunimento, lapidação , polimento
- Brunimento
- Lapidação
- Polimento
- Polimento manual

60. Superacabamento e rodagem
- Superacabamento
- Recordar é aprender
- máquina de superacabamento sem centro
- Rodagem
- Recordar é aprender
- Rodagem manual de uma superfície plana
- Dica tecnológica
- Rodagem por máquina
- Observação


DVD 4
Duração: 4h:41min:44s

61. Corte com jato de água
- Primeiras aplicações
- Como funciona o jato de água
- Por que usar abrasivos
- Pare! Pesquise! Responda!
- Equipamentos para corte com jato de água pura e com abrasivo
- Variáveis que afetam o corte por jato de água com abrasivo
- Analisando prós e contras
- Segurança do operador

62. Corte com laser
- Laser é Luz
- Como é gerado o laser
- Equipamento de corte a laser: O futuro que já é presente
- Fatores que afetam o corte a laser
- Vantagens e desvantagens do laser

63. Oxicorte
- Um pouco de teoria
- Ponto de fusão de metais e ponto de fusão do óxido mais comum desses metais
- Açoes os-liga
- Chama oxiacetilência
- Equipamento
- Maçarico de corte
- Como fazer o corte
- Prevenção contra incêndio
- Acessórios para corte manual
- Oxicorte semi-automático
- Oxicorte automatizado

64. Corte plasma
- Plasma
- O surgimento do processo de corte a arco plasma
- Características do arco plasma
- O corte plasma convencional
- Corte plasma com ar comprimido
- Segurança no processo

65. Metalurgica do pó
- Por que utilizar a metalurgia do pó
- Etapas do processo
- Obtenção do pó
- Compactação
- Atenção: cuidado com a (Zona Neutra)!
- Sinterização
- Operações complementares
- Atenção!
- Principais aplicações
- Filtros sinterizados
- Carboneto metálico
- Mancais autolubrificantes
- A metalurgia do pó veio para ficar

66. Mandrilamento
- O que é mandrilamento
- Tipos de mandrilamento
- Mandriladoras
- Ferramentas da mandriladora
- Sistema modular

67. Brochamento
- O que é brochamento
- Brocha
- Tipos de brochamento
- Velocidade de corte
- Cavaco
- Fluidos usados no brochamento
- Tipos de brochadeira

68. Usinagem or eletroerosão
- A explosão da eletroerosão
- Eletroerosão: un fenômeno invisível
- Íons
- Pare! Pesquise! Responda!
- Eletroerosão por penetração ou a fio?
- Eletrodo: a ferramenta da eletroerosão

69. Um caso de eletroerosão
- Conhecendo a máquina
- A escolha do eletrodo
- Verificando o entendimento
- Antes de tudo, a limpeza
- Limpeza por injeção
- Limpeza por aspiração ou sucção
- Limpeza por jato lateral
- Limpeza por agitação do dielétrico
- Limpeza por fluxo transversal
- Limpeza combinada
- Pare! Pesquise! Responda!
- Ajuste de polaridade
- Preparação da máquina
- Tabela prática usando eletrodo de cobre e peças de aço
- Ligando a máquina
- Enfim, a usinagem da cavidade...

70. Pantógrafo
- Cópias perfeitas
- Pantógrafo mecânico
- Tipos de gravação
- bidimensionais
- tridimensionais
- Tipos de pantógrafo

71. Corte e dobra
- Princípios do corte e da dobra
- Ferramenta de corte e de dobra
- Partes do estampo de corte
- Conjunto superior
- Conjunto inferior
- Partes do estampo de dobra
- Procedimento de dobrar
- Estampo misto: corte e dobra

72. Repuxo
- Estampos de repuxo
- Folga
- Entrada e saída de ar
- Estágios de uma operação de repuxo
- Procedimento de repuxar
- Pare! pesquise! Resolva!
- Lubrificação
- Prensas

73. Adesivos I
- Conceito de adesivo
- Conceito de adesão
- Conceito de coesão
- Mecanismo de cura
- Classificação dos adesivos segundo as propriedades de cura
- Adesivos anaeróbicos
- Adesivos curados pela ação da luz ultravioleta (UV)
- Adesivos curados por reação aniônica
- Adesivos curados com sistemas ativadores
- Adesivos curados por meio de umidade do ambiente
- Pré-tratamento das superfícies a serem aderidas
- Desengraxe das superfícies a serem aderidas
- Abrasão mecânica
- Primers
- Teste de capacidade de umedecimento
- Usos das resinas anaeróbicas
- Travamento anaeróbico
- Adesão estrutural anaeróbica
- Vedação anaeróbica
- Fixação anaeróbica

74. Adesivos II
- Travamento
- Tipos de travamento
- Adesivos anaeróbicos e travamento
- Vedação de flange
- Vedação de conexões rosqueadas
- Fixação
- Montagens eletrônicas
- Requisitos do adesivo
- Resumo

75. Dobramento e curvamento
- Deformação por flexão
- Dobramento
- Deformação plástica e elástica
- Dobramento manual
- Dobradeiras manuais
- Dobramento à máquina
- Dobramento a quente
- Curvamento
- Curvamento manual
- Curvamento a quente
- Curvamento a máquina
- Elementos de calandra
- Rolos fixos e móveis
- Tipos de calandra
- Calandras para chapas
- Calandras para tubos e perfis

76. Desempenamento
- Aspectos gerais
- Tipos de desempenamento
- Como desempenar
- Martelagem radial
- Martelagem paralela
- Martelagem concêntrica
- Desempenamento por chama
- procedimentos para o desempenamento por chama

77. Métodos avançados de usinagem: feixe de elétrons e ultra-som
- Métodos tradicionais X métodos avançados
- Usinagem por feixe de elétrons
- Equipamento básico para produção do feixe de elétrons
- Remoção de material por feixe de elétrons
- Usinagem por ultra-som
- Fique por dentro
- Dica
- Gerando ultra-sons
- Fique por dentro
- Características do equipamento
- Considerações sobre a usinagem por ultra-som

78. Usinagem química e usinagem eletroquímica
- Usinagem química: como tudo começou
- Princípio de funcionamento
- Etapas do processo
- Preparação da superfície do metal
- Confecção da máscara e revestimento da peça
- Usinagem química
- Limpeza da peça
- Vantagens e desvantagens da usinagem química
- Eletólise, a base da usinagem eletroquímica
- Princípios básicos de funcionamento
- Visualizando a usinagem eletroquímica
- Importância do eletrólito
- Vantagens
- Inconvenientes

79. Comparação dos métodos de usinagem
- Métodos clássicos de usinagem
- Agrupando os novos métodos
- Resolvendo um problema
- Pare! pesquise! Responda!
- Quadro comparativo dos métodos de usinagem (tradicionais e avançados)

80. Processos de fabricação: tendências e perspectivas
- Há futuro para os métodos tradicionais de fabricação?
- O que esperar dos novos métodos de fabricação
- O impacto social da evolução tecnológica
- Novas formas de organização do trabalho
- O profissional do futuro


FRETE GRÁTIS PARA TODO BRASIL!
Envio por carta registrada.

 

R$ 30.00

 

A Entrega deste produto será feita via Correios.

 

 
Construtor Web Sites - Desenvolvimento de Sites

Apostilas Digitais

Valid XHTML 1.0 Transitional

Internet Explorer Netscape Mozilla FireFox Testados nos Navegadores